1 min read

Câmera tira fotos e passa vídeos na rede

Câmera tira fotos e passa vídeos na rede

KAN CHIM
FREE-LANCE PARA A FOLHA

Mesmo oferecendo mais recursos, as webcams geralmente são mais baratas do que as máquinas fotográficas digitais.
Isso se torna relativo quando a qualidade das imagens e dos recursos é considerada.
Para transmitir imagens via internet (função original das webcams), a resolução não é um problema. Mas os modelos híbridos, que combinam as funções de webcam com os recursos de câmera fotográfica portátil, geralmente deixam a desejar.
Boa parte das câmeras híbridas não consegue obter resolução maior do que 0,3 Mpixel e gera imagens distorcidas -muito claras ou muito escuras.
Apesar dessas limitações, o preço acessível pode resultar numa relação custo-benefício justa. As webcams tradicionais (que só funcionam ligadas ao PC) podem ser usadas em várias tarefas, como vigiar a casa quando seus moradores estão viajando ou mostrar se está tudo bem com a babá.
Existem muitos modelos similares. O VideoCam WEB da Genius, que alcança 0,3 Mpixel e usa interface USB, custa R$ 289 (www.superkit.com.br).
Fabricada pela Logitech, a ClickSmart 310 (R$ 639) pode ser usada como câmera digital portátil. A marca também oferece o modelo Labtec, que custa R$ 185 (www.belnustec.com.br).
Outra opção é a Spypen AXYS, que tem resolução de 0,3 Mpixel, custa R$ 599 e pode ser encontrada no site www.submarino.com.br.