1 min read

Confira dicas para escolher melhor um scanner

FREE-LANCE PARA A FOLHA

Medida em pontos por polegada (ppp ou dpi), a resolução óptica indica a capacidade do scanner de captar detalhes das imagens. Para digitalizar fotos para envio pela internet, uma resolução de 300 ppp serve. Para arquivar imagens no PC ou editá-las com softs gráficos, o ideal é ter pelo menos 600 ppp.
Não confunda essa resolução com a resolução interpolada, que é artificial e não melhora o detalhamento das imagens.
Quem digitaliza muitas imagens em alta resolução (1.200 ppp ou mais) pode se beneficiar de scanners com conexões USB 2.0 ou Firewire, mais rápidas. O adaptador para negativos é um acessório desejável.
Quase todos os scanners vêm com um software de reconhecimento óptico de caracteres (OCR). Ele converte textos impressos em documentos editáveis, evitando a redigitação. Alguns scanners obtêm energia da própria porta USB, dispensando a tomada -algo útil se o aparelho for transportado com frequência. (KC)